domingo, 13 de setembro de 2009

...

Estou aqui, em uma lan house, ao som de Amélia cantando, altamente inspiradoa sua voz...
Passo agora por uma fase que posso dizer diferente de minha vida, arriscando aquela que acho seja a última cartada, tentando fazer algum patrimônio, que nessa vida, tenho teimado em perder, por várias e várias vezes.
Agora sou micro empresária e o que tenho sentido é um medo intenso de não dar certo novamente...Também sinto amparo espiritual e preciso me desvencilhar desses temores que apesar de serem meus, não são infundados.
Em minha cabeça, tenho a obrigação de deixar meus filhos amparados poque desde sempre, a impressão de morte precoce me acompanha.
Muitos pedidos a Deus tenho feito, o que é coisa rara, já que tenho a certeza de receber mais bençãos do que seja merecedora, mas ainda não consegui fechar os olhos e deixar a vida tomar o rumo que ela tem que tomar.
Angústia é a definição desses tempos de minha vida.
Filhos crescendo criando sua própria vida e a impressão de estar esquecendo de alguma coisa ...
Vontade de ficar sozinha, isolada, curtir uma tristezinha a qual não tenho direito...
Saudade de não sei o quê...
Falta de uma escora para me apoiar...
Cansada de fazer vidas...
Acho que preciso de uma nova missão...