domingo, 13 de setembro de 2009

...

Estou aqui, em uma lan house, ao som de Amélia cantando, altamente inspiradoa sua voz...
Passo agora por uma fase que posso dizer diferente de minha vida, arriscando aquela que acho seja a última cartada, tentando fazer algum patrimônio, que nessa vida, tenho teimado em perder, por várias e várias vezes.
Agora sou micro empresária e o que tenho sentido é um medo intenso de não dar certo novamente...Também sinto amparo espiritual e preciso me desvencilhar desses temores que apesar de serem meus, não são infundados.
Em minha cabeça, tenho a obrigação de deixar meus filhos amparados poque desde sempre, a impressão de morte precoce me acompanha.
Muitos pedidos a Deus tenho feito, o que é coisa rara, já que tenho a certeza de receber mais bençãos do que seja merecedora, mas ainda não consegui fechar os olhos e deixar a vida tomar o rumo que ela tem que tomar.
Angústia é a definição desses tempos de minha vida.
Filhos crescendo criando sua própria vida e a impressão de estar esquecendo de alguma coisa ...
Vontade de ficar sozinha, isolada, curtir uma tristezinha a qual não tenho direito...
Saudade de não sei o quê...
Falta de uma escora para me apoiar...
Cansada de fazer vidas...
Acho que preciso de uma nova missão...

2 comentários:

DELIANE LEITE disse...

Oi Di...
Ontem fui na tua casa na hora do almoço e a Aida me atendeu. Tu não estava.
Esta sensação de saudade, que sentimos tem razão de existir...
O planeta todo passa por transformações e os mais sensíveis sentem. Temos uma sensação "romântica" de algo de precioso ter ficado pra trás, tenho esta sensação e como vc tenho sentido-a muito tb.
"Nada será como antes amanhã" já diria a música do clube da esquina, parece que o tempo tá esvaindo em nossas mãos e não estamos fazendo nada.
Tenho muita saudade tb, das tardes de chuva em que comecei a trabalhar e acreditava que a educação poderia mudar o ser humano. Hj penso se ela conseguiu me fazer melhorar, já estou feliz!
Olhe pra dentro de vc e veja que bela criatura vc é, como vc transforma a vida das pessoas e a tua própria vida... Isso é um dom tem a dádiva de receber.
Esqueça a morte. Passamos por mortes diárias... Esqueça-a , pois o universo infinito que habita em vc ainda precisa ser desvendado por vc mesma.
Adoro vc linda. Adoro seus filhos tb. Sua família é linda!
Beijos da amiga Del.

Eliane disse...

Oi... Estou doida para ver uma atualização.... Que tal soltar os dedos???